boo-box

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Rebeca Gusmão dividida entre brincar de Ronaldo Fenômeno e Fantomas

Coluna Diário Esportivo, publicada na edição de 31 de outubro do Diário de S. Paulo

O dilema de Rebeca Gusmão

A cena era constrangedora: visivelmente fora de forma (14 quilos acima do peso normal), Rebeca Gusmão posava para fotos e câmeras de TV na semana passada, brigando para fazer embaixadas com uma bola de futebol. O uniforme (camiseta, calção e chuteiras) era completamente diferente dos maiôs que ela se acostumou a usar nos últimos 18 anos dedicados à natação. Mas que ninguém se engane: dentro de campo, Rebeca ainda é um peixe fora d'água e se apega ao futebol como uma espécie de plano B, enquanto não tem julgado seu recurso na CAS (Corte Arbitral do Esporte), que no mês que vem pode eliminá-la definitivamente do esporte por uso de doping.

Suspensa duas vezes após exames realizados em 2006 e 2007 apontarem altos níveis de testosterona em seu organismo, Rebeca Gusmão aguarda a definição de seu futuro preparando-se para atuar como atacante no time da Ascoop (Associação do Cooperativismo de Brasília) em uma liga amadora da cidade. O problema é que se for condenada também no recurso, Rebeca estará proibida de participar de qualquer modalidade olímpica por toda a vida. Para quem já declarou que sonha em um dia vestir a camisa da seleção brasileira feminina caso não possa mais voltar a nadar, seria uma frustração sem tamanho. Será que vale a pena ela passar por tudo isso?

Um mico atrás do outro

Enquanto aguarda ansiosa a definição de sua carreira como esportista, Rebeca Gusmão ainda é obrigada a passar por alguns micos. Reportagem publicada esta semana no DIÁRIO, assinada pelo repórter Luiz Augusto Lima, conta que a nadadora foi convidada a participar da tradicional academia de luta livre Gigantes do Ringue, comandada por Michel Serdan, sucesso na TV nos anos 60 e 70. Segundo Serdan, como a luta livre é entretenimento, Rebeca poderia participar perfeitamente da atração.E o pior é que Rebeca não descarta aceitar o convite!

Propaganda negativa

Como se não tivesse problemas de sobra, o basquete paulista ainda tenta melhorar a imagem após a baixaria dos jogadores Bruno e Tiago, do Casa Branca, que na semana passada agrediram o árbitro Maurício Antunes a pontapés, no jogo contra o Bauru, pelo Campeonato Paulista, na semana passada. Os dois brigões estão suspensos até o julgamento da Comissão Disciplinar da Federação Paulista de Basquete (FPB), ainda sem data marcada.

Fórmula esdrúxula

A CBV, que diz contar coma aprovação de clubes e atletas, repete este ano o regulamento da Superliga, com a realização de quatro mini-torneios antes do mata-mata decisivo. E ainda piorou um item em relação à ultima edição: as duas finais (masculino e feminino) serão jogadas no Maracanãzinho, não importa quem sejam os participantes.

Foto: Rebeca Gusmão comemora uma de suas medalhas de ouro no Pan do Rio-2007
Crédito: divulgação/CBDA


A coluna Diário Esportivo, assinada por este blogueiro, é publicada às sexta-feiras no Diário de S. Paulo

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

GP do Brasil de F-1: torcedor brasileiro escancara a falta de espírito esportivo

No início desta semana, publiquei um post reproduzindo uma piada que recebemos aqui na redação do Diário, com a sugestão para Rubens Barrichello, um quase-aposentado na F-1, bater de propósito no carro de Lewis Hamilton e assim favorecer o brasileiro Felipe Massa na disputa pelo título mundial. Uma piada, que como tal deveria se restringir apenas à sua essência jocosa.

Mas uma nota publicada no ótimo blog
Esporte Fino
, que reproduzo abaixo, me fez refletir que a coisa não é bem assim. Ao menos quando envolve uma disputa de título e com brasileiro tendo chances reais de conquistar um título. A falta de espírito esportivo e a incrível tendência das pessoas deste país em apelar para a Lei de Gérson e tentar levar vantagem em tudo chega a ser deprimente.


Robert, can you crash Hamilton, please?
Hipocrisia sf (gr hypókrisis+ia1) Manifestação de fingidas virtudes, sentimentos bons, devoção religiosa, compaixão etc.; fingimento, falsidade.

A frase que dá título a este post estava escrita em uma folha de papel que um torcedor de Felipe Massa levou ao shopping Villa-Lobos. Era um pedido a Robert Kubica, que participou de um evento da Intel, uma das patrocinadoras da BMW.

Gostaria de saber como se comportaria este pessoal que torce para que alguém bata em Hamilton se a campanha na Inglaterra fosse para que alguém batesse em Massa. Porque devem ser os mesmos que crucificaram Schumacher após o alemão jogar o carro em Damon Hill e Jacques Villeneuve nas disputas pelo título em 1994 e 1997.

Internauta acredita que Massa levará o título do Mundial de F-1 no domingo

As chances são bem complicadas, pois o inglês Lewis Hamilton só precisa de um simples quinto lugar para ficar com o título de 2008 do Mundial de pilotos. Mas o internauta que freqüenta este blog, não sei se por convicção ou porque realmente acredita nisso, aposta que o brasileiro Felipe Massa será campeão no domingo.

Para nada menos do que 60% dos blogueiros, Massa se tornará o primeiro brasileiro desde Ayrton Senna a se tornar campeão do mundo. Para que isso aconteça, ele tem que ganhar a corrida e torcer para que Hamilton e sua McLaren não passem de um sexto lugar. Já 40% dos internautas acreditam na lógica e apostam na conquista do inglês.

Só por curiosidade: a última vez que um piloto conquistou um título de F-1 em seu país foi justamente no 1º Mundial, em 1950, com o italiano Guiseppe Farina, que venceu o GP da Itália.

Reveja a volta final da vitória de Emerson Fittipaldi no primeiro GP do Brasil, em 73

Abaixo, imagens históricas da vitória de Emerson Fittipaldi no primeiro Grande Prêmio do Brasil, no antigo (e belíssimo) traçado de Interlagos. Só não consegui descobrir quem era o narrador da prova, que foi transmitida pela TV Globo.


quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Vanderlei Luxemburgo cria moda de novo e vira "censor" no Palmeiras

A sinceridade costumeira que o goleiro Marcos costuma demonstar em suas entrevistas não é vista com bons olhos pelo técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxembugo. Pelo menos quando o assunto diz respeito às críticas que o goleiro fez ao péssimo desempenho da equipe na derrota de 3 a 0 para o Fluminense, no último sábado.

Luxemburgo bateu pesado e disse que como capitão da equipe, Marcos não tem o direito da sair por aí, expondo os "problemas internos". Como se a solução para todos os problemas fosse adotar aquele festival de declarações inúteis e pedronizadas, que estão sobrando por aí.

E no auge de sua arrogância, ainda disse que não está nem aí para saber se o goleiro ficou o não satisfeito com a bronca.

Veja as declarações de Luxa, na TV Uol

As dançarinas da NBA (2) - Katie (do Sacramento Kings)


Katie, nascida em Turlock (California), integra pela terceira temporada o Sacramento Kings Dance Team

Esta seção, que reúne as mais belas cheerleaders da NBA, é publicada sempre às quartas-feiras

Veja a lista dos campeões brasileiros de vôlei brasileiro (masculino e feminino)

Superliga de vôlei começa cheia de estrelas e como regulamento esdrúxulo

Já vou logo colocando a minha opinião: acho ridículo e esdrúxulo o sistema de disputa da Superliga de vôlei 2008/09, o campeonato brasileiro da modalidade, cujos torneios masculino e feminino terão largada hoje.

Sei que sou voz dissonante nesta questão, pois todos os jogadores(as) e treinadores (não sei quanto há de sinceridade na palavra deles), e até mesmo jornalistas especializados, aprovam integralmente a fórmula de se dividir os participantes em grupos e disputar quatro mini-torneios (dois com jogos dentro de cada chave, dois com jogos enfrentando os times dos outros grupos), realizando assim quatro decisões, que na prática terão como única utilidade, além de aumentar a sala de troféus do time visitante, ganhar dois pontinhos (um, no caso do perdedor) na classificação geral.

Isso mesmo: de efeito prático, esta overdose de decisões criada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) atende apenas aos interesses da emissora de TV que detém os interesses de transmissão
(no caso, Globo e Sportv), para criar mais "emoção" na disputa. Os que defendem a fórmula argumentam que ela é perfeita para preparar o lado psicológico dos jogadores para encarar disputas eliminatórias em Olimpíadas ou Mundiais.

O pior é que não há nem mesmo a única vantagem que existia no ano passado, na qual a equipe que ganhasse mais "finais" teria a vantagem de decidir a grande final da Superliga em seu ginásio. Nesta edição 2008/09, o artigo 38.1 do Capítulo VII do regulamento (que fala sobre o sistema de disputa), em seu parágrafo 4º, já determina o Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, como local do jogo final da competição. Azar do time se sua sede não for no Rio ou em alguma cidade próxima...

Para não dizer que sou um ranzinza incorrigível, sim, temos coisas boas nesta Superliga. Nada menos do que 29 medalhistas olímpicos, sendo 18 deles de ouro, estarão em quadra, defendendo alguma das 24 equipes (12 no masculino e outras 12 no feminino), participantes, um número excelente. Além disso, talvez como conseqüência positiva da recessão internacional, esta Superliga vai assistir a um grande fluxo emigratório: 43 atletas (15 no feminino e 28 no masculino) que estavam no exterior, voltaram ao Brasil.

Confira os jogos da primeira rodada:

Superliga masculina
Quarta-feira (29/10)
Cimed/Brasil Telecom x Lupo Náutico
Sada/Betim x Tigre/Unisul/Joinville
GA
C Logistics/Santo André x Vôlei Futuro
Álvares/Vitória x Vivo/Minas

Quinta-feira (30/10)
Bento Vôlei x Fátima/Medquímica/UCS
Santander/São Bernardo x Ulbra Suzano Massageol

Superliga feminina
Quarta-feira (29/10)
Rexona-Ades x Cativa/Pomedore
São Caetano/Blausigel x Brasil Telecom
Mackenzi
e/Cia. do Terno x Vôlei Futuro
Finasa Osasco x Praia Clube/Futel
Minas Tênis Clube x Pinheiros/Mackenzie
Spor
t/
Maurício de Nassau x Medley/Banespa

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Dunga ou Maradona: quem está melhor (ou pior) de técnico? Nós ou eles?

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Pacífico

Golden State Warriors
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 28
Time titular: Monta Ellis (PG), Stephen Jackson (SG), Corey Maggette (SF), Al Harrington (PF) e Andris Biedrins (C)
Técnico: Don Nelson
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 48-34 (58,5%) - 17º lugar no geral
Principais contratações: Corey Maggette (SF), Anthony Randolph (SF), Ronny Turiaf (PF),
Marcus Williams (PG), Richard Hendrix (PF), Monta Ellis (PG) e Adris Biedrins (C)


Los Angeles Clippers
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 7
Time titular: Baron Davis (PG), Cuttino Moblet (SG), Al Thomton (SF), Marcus Camby (PF) e Chris Kaman (C)
Técnico: Mike Dunleavy
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 23-59 (28%) - 24º lugar no geral
Principais contratações: Dontell Jefferson (G), David Noel (G), Curtis Sumpter (F), Paul Davis (C), Brian Skinner (PF), Marcus Camby (PF), DeAndre Jordan (C), Mike Taylor (G), Baron Davis (G), Eric Gordon (SG) e Mike Taylor (G)

Los Angeles Lakers
Títulos:
14 (1971/72, 79/80, 81/82, 84/85, 86/87, 87/88, 99/2000, 00/01 e 01/02; como
Minneapolis Lakers ganhou em 1948/49, 49/50, 51/52, 52/53 e 53/54)
Participações em playoffs: 53
Time titular: Derek Fisher (PG), Kobe Bryant (SG), Vladimir Radmanovic (SF), Pau Gasol (PF) e Andrew Bynum (C)
Técnico: Phil Jakcson
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 57-25 (69.5%) - vice-campeão da NBA, derrotado na final pelo Boston Celtics por 4 a 2
Principais contratações: D.J. Mbenga (C), Sun Yue (G) e Dwayne Mitchell (G)


Phoenix Suns
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 28
Time titular: Steve Nash (PG), Raja Bell (SG), Matt Barnes (SF), Amare Stoudemire (PF) e Shaquille O'Neal (C). O brasileiro Leandrinho Barbosa (SG) integra o banco de reservas
Técnico: Terry Porter
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 55-27 (67,1%) - 11º lugar no geral - derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Oeste pelo San Antonio Spurs por 4 a 1
Principais contratações: Louis Amundson (PF), Matt Barnes (SF), Goran Dragic (PG) e Sean Singletary (PG)


Sacramento Kings
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 28
Time titular: Beno Udrih (PG), Kevin Martin (SG), John Salmons (SF), Mikki Moore (PF) e Brad Miller (C)
Técnico: Reggie Theus
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 38-44 (46,3%) - 21º lugar no geral
Principais contratações: Beno Udrih (PG) e Jason Thompson (PF)

Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

Ronaldo reconhece que é difícil emagrecer e detona a preparação para a Copa de 2006

Ronaldo Fenônemo nunca foi de fugir do pau. Seja dos zagueiros botinudos, nos bons tempos de Barcelona, Inter e seleção brasileira, seja fora de campo. Nunca vou me esquecer quando Ronaldo, ainda um garoto de 18 anos e sem o apelido atual, deu a cara pra bater e veio falar com os jornalistas (entre eles, este blogueiro), um dia após a vexatória derrota para a Nigéria, nas Olimpíadas de Atlanta/96, enquanto outros jogadores mais badalados daquela equipe preferiram se esconder.

Nesta última segunda-feira, no programa Bem, Amigos, do Sportv, Ronaldo falou coisas importantes, como o problema do controle do peso e sobre a mafadada preparação da seleção brasileira para a Copa de 2006:


"Mais gordo não dava para ficar, estava ficando sem roupa. Na mesa, tudo é gostoso, tudo engorda. Essa é a parte mais difícil, emagrecer"

"Quero chegar em janeiro e ver se estarei veloz"

"Tenho que ter um clube para jogar e voltar a jogar bem. Não vou ser convocado pela minha história ou pelo meu patrocinador ser o mesmo da seleção, como falam. Eu preciso estar bem e estou fazendo muito sacrifício para retornar"

"Temos que colocar a responsabilidade de cada um. Eu assumo a minha, o técnico assume a dele. A minha foi ter me apresentado fora de forma" (sobre a preparação da Copa de 2006)

"Tivemos 15 dias, foi um tempo razoável, mas a preparação foi aquele circo que foi",

"Não tivemos uma estrutura que nos protegesse e cada deslocamento durava mais de uma hora. Faltou uma certa organização - até o hotel da seleção foi invadido. Não vi ninguém falar que a preparação foi uma droga. Não podia mesmo dar certo"

"Sou um soldado ferido, em recuperação, mas não morto"

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Noroeste


Denver Nuggets
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 19
Time titular: Anthony Carter (PG), Allen Iverson (SG), Carmelo Anthony (SF), Kenyon Martin (PF) e Nenê Hilário (C)
Técnico: George Kal
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 50-32 (61%) - 15º lugar no geral; derrotado na primeira fase dos playoffs da Conferência Oeste pelo Los Angeles Lakers por 4 a 0
Principais contratações: Chris Andersen (PF), Renaldo Balkman (SF), Dahntay Jones (SG), J.R. Smith (SG) e Juwan Howard (PF)


Minnesota Timberwolves
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 8
Time titular: Randy Foye (PG), Mike Miller (SG), Corey Brewer (SF), Craig Smith (PF) e Al Jefferson (C)
Técnico: Randy Wittman
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 22-60 (26,8%) - 26º lugar no geral
Principais contratações: Kevin Love (PF), Sebastian Telfair (PG) e Ryan Gomes (PF),


Oklahoma City Thunders
Títulos: 1 (1978/79, como Seattle Supersonics)
Participações em playoffs: 22 (como Seattle Supersonics)
Time titular: Earl Watson (PG), Kevin Durant (SG), Jeff Green (SF), Chris Wilcox (PF) e Nick Collison (C)
Técnico: P.J. Carlesimo
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 20-62 (24,4%) - 29º no geral (como Seattle Supersonics)
Principais contratações: Russell Westbrook (PG), D.J. White (PF), Desmond Mason (SG), Joe Smith (PF), Kyle Weaver (SG), Robert Swift (C)


Portland Trail Blazers
Títulos: 1 (1976-77)
Participações em playoffs: 26
Time titular: Steve Blake (PG), Brandon Roy (SG), Nicolas Batum (SF), LaMarcus Aldridge (PF) e Greg Oden (C)
Técnico: Nate McMillan
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 41-41 (50%) - 19º no geral
Principais contratações: Rudy Fernandez (SG), Nicolas Batum (SG), Luke Jackson (SF) e Steven Hill (C)


Utah Jazz
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 22
Time titular: Deron Williams (PG), Ronnie Brewer (SG), Andrei Kirilenko (SF), Carlos Boozer (PF) e Mehmet Okur (C)
Técnico: Jerry Sloan
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 54-28 (65,9%) - 7º lugar no geral (campeão de divisão em 2007/08); derrotado nas semifinais da Conferência Oeste pelo Los Angeles Lakers por 4 a 2
Principais contratações: Kosta Koufos (C), Deron Williams (G), Brevin Knight (PG), Gerry McNamara (PG), Ronnie Brewer (SG)

Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

Maldade com o Rubinho...

Juro que não tenho nada a ver com isso. Só estou repassando um e-mail que recebi na redação. O pessoal gosta de pegar mesmo no pé do Barrichello...

Dia 2/11 teremos a última etapa do mundial de Fórmula 1, o GP Brasil.
E o maldito Hamilton já está com 7 pontos de vantagem sobre o Massa.
Ou seja, basta um quinto lugar minguado pras esperanças brazucas irem pro espaço.
Mas e o Rubinho? Sem chances na competição e fortes indícios de que deve largar a Fórmula 1 ano que vem, Rubinho pode ser nossa grande arma secreta no domingo.
Como? Mole. Basta dar uma porrada bem dada, daquelas que o Hamilton não vai saber nem de onde veio, para tirar o líder da prova e se tornar herói nacional.
Por isso foi lançada a campanha:


Tem blog novo na praça

O companheiro Ricardo Couto, competente jornalista da área automobilística, estréia nesta segunda um blog sobre automóveis, com o objetivo de dar todas as informações possíveis ao internauta a respeito do tema. Mas é melhor deixar o próprio Ricardo falar um pouco sobre sue novo projeto:

A partir desta segunda-feira (dia 27 de outubro) estréio um blog sobre automóveis no site www.autoestrada.com.br, do qual passei a ser parceiro e colaborador. Para acessá-lo, basta digitar o endereço do site ou ir diretamente ao www.blogautoestrada.com.br.

Lá vou escrever uma coluna diária, abordando temas como orientação ao consumidor, dicas de manutenção, consulta técnica, mercado e dar conselhos para quem pretende trocar de carro ou comprar um veículo novo. Espero oferecer a vocês e aos internautas um espaço de prestação de serviços diferente de tudo que existe neste segmento na internet.

Caso tenham alguma dúvida sobre o assunto ou algum problema com o seu automóvel, fiquem à vontade para enviar as suas perguntas (o e-mail é
blog@autoestrada.com.br), que responderei com toda a atenção.

Suas dúvidas são muito importantes. Com elas poderei alimentar o blog e torná-lo ainda mais interativo e interessante.

Aproveitem a oportunidade e indiquem também para os seus amigos...

Obrigado pelo apoio!

Ricardo Couto
rickcouto@gmail.com

domingo, 26 de outubro de 2008

Dignidade e emoção na volta à Série A. E muita responsabilidade no futuro

O Corinthians voltou à elite do futebol brasileiro com dignidade. Sem jamais ter sido ameaçado durante toda a Série B, o Timão transformou o que seria um calvário num doce hiato em sua bela história. E para delírio da Fiel, cravou de vez o seu retorno neste sábado, em seu palco preferido, o lotado Pacaembu, diante do frágil (como todos os rivais da Segundona) Ceará.

Mas que as lições de 2008 nunca mais sejam esquecidas por todos aqueles que comandam o Corinthians e assim evitem que este vexame volte a se repetir.

Ipatinga tenta escapar da degola na Série A e acha que trocar de técnico é a solução

O Ipatinga, que está com a corda no pescoço do Brasileirão e segura a lanterna da competição, preferiu optar pelo mais fácil e demitiu seu treinador Márcio Bittencourt, como se isso fosse o suficiente para fazer o time conseguir escapar do rebaixamento. Em seu lugar, será apresentado hoje Enderson Moreira, que foi treinador das categorias de base do Cruzeiro.


Clique aqui para acompanhar as mudanças de treinadores nas outras equipes que disputam o Campeonato Brasileiro de 2008.

Reveja a chegada do polêmico Grande Prêmio da Áustria de F-1 de 2002

Histórias, lendas, loucuras e falta de bom senso na maior "barriga" do jornalismo

A despeito do assunto que agitou o jornalismo esportivo e a F-1 nos últimos dias, vale dizer que o jornalista Lemyr Martins é um dos profissionais que aprendi a admirar em meus quase 25 anos de profissão. Trabalhei com ele na Revista Placar e se não bastasse o fato de ser um repórter e fotógrafo pra lá de competente, trata-se de um grande companheiro, que sempre tratou a todos com educação e humildade, ao contrário de muito coleguinha metido a besta por aí...

Isso não livra a sua cara no incrível episódio do "diálogo exclusivo" da Ferrari com Rubens Barrichello, no famoso GP da Áustria de 2002, que ele publica em seu livro Histórias, Lendas, Mistérios e Loucuras da Fórmula 1, que será lançado esta semana.

O "diálogo", que nada mais é do que uma piada que circulou na internet à época da prova, traz entre outras maluquices, alusões a um possível seqüestro da mãe de Barrichello, o sumiço de um cãozinho de estimação do brasileiro e as ameaças de um executivo da Ferrari que jamais trabalhou na escuderia. Na verdade, o sujeito nem existe!

Não sei até agora quem levou a pior neste episódio: a reputação de Lemyr, a Panda Books, editora do livro, ou o jornal Lance!, que sem cumprir a regra básica do bom jornalismo, que é checar os dois lados da notícia, simplesmente publicou o diálogo e ainda deu destaque em sua capa.

Acho que todo mundo saiu perdendo.

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Sudoeste

Dallas Mavericks
Títulos:
nenhum
Participações em playoffs: 14
Time titular: Jason Kidd (PG), Antoine Wright (SG), Josh Haward (SF), Dirk Nowitzki (PF) e Erick Dampier (C)
Técnico: Rick Carlisle
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 51-31 (62,2%) 13º lugar no geral; derrotado na primeira fase dos playoffs da Conferência Oeste pelo New Orleans Hornets por 4 a 1
Principais contratações: Gerald Green (SG), Jose Juan Barea (PG), DeSagana Diop (C), Antoine Wright (SG), James Singleton (PF) e Devean George (SG)

Houston Rockets
Títulos:
2 (1993/94 e 94/95)
Participações em playoffs: 25
Time titular: Rafer Alston (PG), Tracy McGrady (SG), Ron Artest (SF), Luis Scola (PF), Yao Ming (C)
Técnico: Rick Adelman
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 55-27 (67,1%) lugar no geral; derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Oeste para o Utah Jazz por 4 a 2
Principais contratações: Brent Barry (G) e Joey Dorsey (PF)


Memphis Grizzlies
Títulos:
nenhum
Participações em playoffs: 3
Time titular: Mike Conley (PG), O.J. Mayo (SG), Rudy Gay (SF), Hakim Warrick (PF) e Marc Gasol (C)
Técnico: Marc Iavaroni
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 22-60 (26,8%) 28º lugar no geral
Principais contratações: Marko Jaric (PG), Greg Buckner (SG), Antoine Walker (PF), O.J. Mayo (SG) e Darrell Arthur (PF)



New Orleans Hornets
Títulos:
nenhum
Participações em playoffs: 10
Time titular: Chris Paul (PG), Morris Peterson (SG), Peja Stojakovic (SF), David West (PF) e Tyson Chandler (C)
Técnico: Byron Scott
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 56-26 (68,3%) 4º lugar no geral (campeão de divisão em 2007/08) derrotado nas semifinais da Conferência Leste pelo San Antonio Spurs por 4 a 3
Principais contratações: Courtney Sims (C), Julian Wright (SF) e Jared Jordan (G)



San Antonio Spurs
Títulos:
4 (1998/99, 2002/03, 04/05 e 06/07)
Participações em playoffs: 28
Time titular: Tony Parker (PG), Manu Ginobili (SG), Bruce Bowen (SF), Tim Duncan (PF) e Fabricio Oberto (C)
Técnico: Gregg Poppovich
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 56-26 (68,3%) 5º lugar no geral derrotado na final da Conferência Leste pelo Los Angeles Lakers por 4 a 1
Principais contratações: Roger Mason (G), Kurt Thomas (PF), Anthony Tolliver (C), Michael Finley (SG) e George Hill (PG)

Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

sábado, 25 de outubro de 2008

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Central


Chicago Bulls
Títulos: 6 (1990/91 a 92/93 e 95/96 a 97/98)
Participações em playoffs: 27
Time titular: Kirk Hinrich (PG), Larry Hughes (SG), Luol Deng (SF), Drew Gooden (PF) e Joakin Noah (C)
Técnico: Vinny Del Negro
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 33-49 (40,2%) - 22º no geral
Principal contratação: Luol Deng (SF)


Cleveland Cavaliers
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 16
Time titular: Mo Williams (PG), Sasha Pavlovic (SG), LeBron James (SF), Bem Wallace (PF) e Zydrunas Ilgauskas (C). O brasileiro Ânderson Varejão (PF) integra o banco de reservas
Técnico: Mike Brown
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 45-37 (54,9%) – 8º no geral; derrotado nas semifinais da Conferência Leste pelo Boston Celtics por 4 a 3
Principais contratações: Daniel Gibson (PG), Tarence Kinsey (SG), Mo Williams (PG), Lorenzen Wright (PF), Darnell Jackson (PF) e Delonte West (SG)


Detroit Pistons
Títulos: 3 (1988/89, 89/90 e 2003/04)
Participações em playoffs: 38
Time titular: Chauncey Billups (SG), Richard Hamilton (SG), Tayshaun Prince (SF), Rasheed Wallace (PF) e Amir Johnson (C)
Técnico: Michael Curry
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 59-23 (72%) 3º lugar no geral (campeão de divisão em 2007/08); derrotado na final da Conferência Leste pelo Boston Celtics por 4 a 2
Principais contratações: Walter Sharpe (PF), Will Bynum (PG), Kwame Brown (C) e Alex Acker (C)


Indiana Pacers
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 18
Time titular: T.J. Ford (PG), Mike Dunleavy (SG), Danny Granger (SF), Troy Murphy (PF) e Rasho Nesterovic (C)Técnico: Jim OBrien
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 36-46 (43,9%) 18º no geral
Principais contratações: T.J. Ford (PG), Rasho Nesterovic (C), Roy Hibbert (C), Maceo Baston (SF), Jarrett Jack (PG), Brandon Rush (SG), Josh McRoberts (PF), Eddie Jones (SG) e Jeff Foster (SF)

Milwaukee Bucks
Títulos: 1 (1970/71)
Participações em playoffs: 24
Time titular: Luke Ridnour (PG), Michael Redd (SG), Richard Jefferson (SF), Charlie Villanueva (PF) e Andrew Bogut (C)
Técnico: Scott Skiles
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 26-56 (31,7%) 26º no geral
Principais contratações: Richard Jefferson (SF), Joe Alexander (SF), Luc Mbah a Moute (SF), Andrew Bogut (C), Tyronn Lue (PG), Malik Allen (PF), Luke Ridnour (PG), Adrian Griffin (SG), Damon Jones (PG) e Francisco Elson (C)

Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Baixaria no basquete paulista: veja o vídeo

Tem coisas que nem valem a pena perder muito tempo tentando encontrar uma explicação. O basquete brasileiro já está numa crise sem tamanho, desacreditado, sem craque etc e tal...e não é que os jogadores do Casa Branca resolvem colocar a combalida modalidade em rede nacional da pior forma possível?

Vejam a reprodução da matéria do Globo Esporte e digam que eu não tenho razão. O basquete brasileiro é o fim da picada.


Perguntar não ofende

O que dizer do encontro de duas horas do Governador José Serra com integrantes da diretoria da torcida uniformizada Mancha Verde, em pleno Palácio dos Bandeirantes, conforme informou a Rádio Jovem Pan, sendo que há exatamente uma semana o nobre governador - que é um notório palmeirense - recusou-se a receber uma comissão de policiais civis que estão em greve? Depois, todos viram uma batalha entre policiais civis e militares, que por pouco não se transformou numa tragédia.

Duas horas discutindo com representantes da "doce" Mancha Verde é o fim da picada!

Ginástica brasileira no olho do furacão

Coluna Diário Esportivo, publicada na edição de 24 de outubro do Diário de S. Paulo

Silêncio constrangedor

Imagine a cena: sua filha tem um talento acima da média para a ginástica artística. Começa a treinar em um clube, disputar competições e como se destaca no meio da multidão, atraí a atenção da seleção brasileira permanente. Não demora muito e recebe um convite para treinar em Curitiba. Alguns meses depois, a garota volta para casa cheia de lesões e contusões graves, que não foram tratadas corretamente pelos médicos da equipe. Aí eu pergunto: dá para achar normal tudo isso?

Ontem, Daiane dos Santos e Laís de Souza, duas das principais ginastas do Brasil, passaram por cirurgias. Daiane foi submetida a uma artroscopia e a uma osteotomia, para endireitar o ângulo de seu joelho direito. Laís passou por uma artroscopia para a retirada de fragmentos de cartilagem do joelho direito. As duas admitiram que competiram nos Jogos Olímpicos de Pequim fora das melhores condições físicas. No popular, estavam “baleadas” na China. Assim como Jade Barbosa, que em setembro envolveu-se numa polêmica com a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), após seu pai ter acusado a entidade de deixar Jade participar das Olimpíadas com uma necrose em um osso da mão direita.

O elo comum em todos estes casos vem sendo a falta de transparência da CBG, que mantém um irritante e constrangedor silêncio a respeito de todos estes casos, que só foram revelados depois de Pequim. Uma mancha considerável na reputação de uma entidade que até então tinha como marca registrada o excelente trabalho que fez a modalidade colecionar títulos e resultados expressivos nos últimos anos. Atenção, CBG: já passou da hora de vocês falarem alguma coisa!

Casos mal-explicados
O silêncio da CBG também ocorre em outros dois casos divulgados pela imprensa, que vieram à tona após a confusão envolvendo Jade Barbosa. Ex-integrante da seleção brasileira permanente, Maíra dos Santos estava com os ligamentos do ombro rompidos e diz que a entidade foi omissa em seu tratamento. Roberta Monari, que hoje integra o elenco do Cirque du Soleil, rompeu os ligamentos do pé durante um simples aquecimento, antes de uma competição. O problema é que a ginasta vinha há tempos reclamando de dores, mas os médicos da CBG não deram bola.

Sem hipocrisia
A respeito do primeiro parágrafo da coluna, só para ficar claro: estou consciente que fazer esporte de alto rendimento, ainda mais uma modalidade como a ginástica artística, implica no risco de sofrer contusões. Mas a responsabilidade em zelar pela saúde das atletas é da CBG. Não há medalha ou título que justifique tamanho descaso.

Novas regras do vôlei
O vôlei, que está sempre modificando suas regras, será menos rigoroso com a invasão de quadra e o toque na rede. As mudanças entrarão em vigor já na próxima Superliga.


Foto: as meninas da equipe brasileira de ginástica artística comemoram a classificação para a final olímpica, em Pequim
Crédito: Divulgação/COB
A coluna Diário Esportivo, assinada por este blogueiro, é publicada todas às sextas-feiras no Diário de S. Paulo

Confira a tabela atualizada da Copa Sul-Americana


Clique aqui para ver a tabela completa da Copa Sul-Americana

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Atlântico


Boston Celtics
Títulos:
17 (1956/57, 58/59 a 65/66, 67/68, 68/69, 73/74, 75/76, 80/81, 83/84, 85/86, 2007/08)
Participações em playoffs: 46
Time titular: Rajon Rondo (PG), Ray Allen (SG), Paul Pierce (SF), Kevin Garnett (PF) e Kendrick Perkins (C)Técnico: Doc Rivers
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 66 - 16 (80,5%) – campeão da NBA, derrotando na final o Los Angeles Lakers por 4 a 2
Principais contratações: Patrick O’Brien (C) e Darius Miles (PF)


New Jersey Nets
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 15
Time titular: Devin Harris (PG), Vince Carter (SG), Bobby Simmons (SF), Jianlian Yi (PF) e Josh Boone (C)
Técnico: Lawrence Frank
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 34 - 48 (41,5%) – 20º lugar no geral
Principais contratações: Brook Lopez (C), Ryan Anderson (SF), Chris-Douglas Roberts (SG), Keyon Dooling (PG), Eddie Gill (SG), Julius Hodge (SG) e Brian Hamilton (SF)


New York Knicks
Títulos: 2 (1969/70 E 72/73)
Participações em playoffs: 38
Time titular: Chris Duhon (PG), Jamal Crawford (SG), Quentin Richardson (SF), Zach Randolph (PF) e Eddy Curry (C)
Técnico: Mike D’Antoni
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 23 - 59 (28%) – 27º lugar no geral
Principais contratações: Danilo Gallinari (SF), Chris Duhon (PG), Anthony Roberson (SG) e Patrick Ewing Jr (SF)


Philadelphia 76ers
Títulos: 3 (1966/67; como Philadelphia Warriors venceu em 1946/47 e 55/56)
Participações em playoffs: 44
Time titular: Andre Miller (PG), Andre Iquodala (SG), Thaddeus Young (SF), Elton Brand (PF) e Samuel Dalembert (C)
Técnico: Maurice Cheeks
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 40 - 42 (48,8%) – 14º lugar no geral; derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Leste pelo Detroit Pistons por 4 a 2
Principais contratações: Elton Brand (PF), Marreese Speights (PF), Royal Ivey (PG), Karrem Rush (SG), Theo Ratliff (C) e Donyell Marshall (PF)


Toronto Raptors
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 5
Time titular: Jose Calderon (PG), Anthony Parker (SG), Jamario Moon (SF), Chris Bosh (PF) e Jermaine O’Neal (C)
Técnico: Sam Mitchell
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 41 - 41 (50%) – 12º lugar no geral; derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Leste pelo Orlando Magic por 4 a 1
Principais contratações: Hassan Adams (SF), Nathan Jawai (PF), Roko Ukic (SG) e Will Solomon (PG)


Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Lista dos maiores clássicos da CNN mostra o quanto americano entende de futebol

O site da rede de TV americana CNN divulgou nesta quinta-feira uma lista dos 10 clássicos de maior rivalidade da história do futebol mundial. A relação só mostra o quanto americano entende de futebol.

Para a CNN, o clássico mais "quente" é Celtic x Rangers, sob o argumento de que "
não são divididos apenas pelo futebol, mas também pela religião. Os torcedores do Rangers são da comunidade protestante, e os do Celtic, da católica".

O único confronto brasileiro listado pela emissora americana é Corinthians x Palmeiras, que aparece em nono lugar. "Esse clássico tem aproximadamente 100 anos. O Corinthians era o único clube da cidade, mas um grupo de italianos se afastou para formar o Palmeiras, ganhando o apelido de 'traidores' pelos corintianos".

A lista tem algumas excentricidades, para dizer o mínimo, como Al Ahly x Zamalek, do Egito, e Wydad x Raja Casablanca, do Marrocos. Aí, eu pergunto: cadê Manchester x Liverpool? Milan x Internazionale? Real Madrid x Barcelona? E o velho e bom Fla-Flu? E o Gre-Nal?

Confira abaixo a lista montada pela
CNN:

1º) Celtic x Rangers (Escócia)
2º) Roma x Lazio (Itália)
3º) Boca Juniors x River Plate (Argentina)
4º) Al Ahly x Zamalek (Egito)
5º) Galatasaray x Fenerbahce (Turquia)
6º) Olympiakos x Panathinaikos (Grécia)
7º) Red Star Belgrado x Partizan Belgrado (Sérvia)
8º) Wydad x Raja (Marrocos)
9º) Corinthians x Palmeiras (Brasil)
10º) Peñarol x Nacional (Uruguai)

NBA 2008/09: conheça as equipes que disputam a Divisão Sudeste

Atlanta Hawks
Títulos: 1 (1957/58, como St. Louis Hawks)
Participações em playoffs: 37
Time titular: Mike Bibby (PG), Joe Johnson (SG), Marvin Williams Jr (SF), Josh Smith (PF) e Al Horford (C)
Técnico: Mike Woodson
Temporada 2007/08 (V-D): 37-45 (45,1%) – 16º lugar; derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Leste para o Boston Celtics por 4 a 3
Principais contratações: Randolph Morris (C), Thomar Gardner (G) e Othello Hunter (C)


Charlotte Bobcats
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: nenhuma
Time titular: Raymond Felton (PG), Jason Richardson (SG), Gerald Wallace (SF), Emeka Okafor (PF) e Nazr Mohammed (C)
Técnico: Larry Brown
Temporada 2007/08 (V-D): 32 - 50( 39%) – 23º lugar no geral
Principais contratações: D.J. Augustin (G), Aléxis Ajinca (C) e Shannon Brown (G)


Miami Heat
Títulos: 1 (2005/06)
Participações em playoffs: 12
Time titular: Marcus Banks (PG), Dwayne Wade (SG), Shawn Marion (SF), Udonis Haslem (PF) e Mark Blount (C)
Técnico: Erik Spoelstra
Temporada 2007/08 (V-D): 15 - 67 (18,3%) – 30º lugar no geral
Principais contratações: Michael Beasley (SF), David Padgett (C), Jason Richards (G), James Jones (SF), Mario Chalmers (PG), Yakhouba Diawara (SF), Jamaal Magloire (C), Chris Quinn (PG) e Shaun Livingston (G)


Orlando Magic
Títulos: nenhum
Participações em playoffs: 10
Time titular: Jameer Nelson (PG), Mickael Pietrus (SG), Hedo Turkoglu (SF), Rashard Lewis (PF) e Dwight Howard (C)
Técnico: Stan Van Gundy
Temporada 2007/08 (V-D): 52 - 30 (63,4%) – 6º lugar no geral (campeão da divisão em 2007/08); derrotado nas semifinais dos playoffs da Conferência Leste para o Detroit Pistons por 4 a 1
Principais contratações: Courtney Lee (SG), Mickael Pietrus (SG), Anthony Johnson (PG), Jeremy Richardson (SG), Mike Wiks (PG) e Dwayne Jones (PF)

Washington Wizards
Títulos:
1 (1977/78, como Washington Bullets)
Participações em playoffs: 24
Time titular: Antonio Daniels (PG), DeShawn Stevenson (SG), Caron Butler (SF), Antawn Jamison (PF) e Etan Thomas (C)
Técnico: Eddie Jordan
Campanha na temporada 2007/08 (V-D): 43 - 39 (52,4%) – 10º lugar no geral; derrotado na 1ª fase dos playoffs da Conferência Leste pelo Cleveland Cavaliers por 4 a 2
Principais contratações: JaVale McGee (C) e Juan Dixon (SG)

Legendas: PG - point guard; SG - smal guard; SF - smal forward; PF - power forward; C - center; V-D - vitórias-derrotas

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Daiane dos Santos e Laís de Souza serão operadas. E a CBG, vai falar alguma coisa?

Nesta última terça-feira, em entrevista coletiva no Clube Pinheiros, as ginastas Daiane dos Santos e Laís de Souza anunciaram que passarão por cirurgias amanhã (23/10). Daiane será submetida a uma osteotomia, para endireitar o ângulo de seu joelho direito, e Laís passará por uma artroscopia para retirada de um pedaço de cartilagem do joelho direito.

As duas ginastas, integrantes da equipe brasileira que participou das Olimpíadas de Pequim, foram bem claras ao dizer que competiram "baleadas" e que nunca tiveram tempo necessário para fazer um trabalho decente de recuperação física. Daiane, por exemplo, sente dores no joelho desde os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

O médico Wagner Castropil, em matéria do repórter Alessandro Lucchetti na edição desta quarta-feira do Diário de S. Paulo, foi bem claro ao dar uma cutucada na Confederação Brasileira de Ginástica. Para ele, a CBG deveria contar com uma equipe multidisciplinar e assim tentar evitar tantos contusões.

Ele citou como um problema o fato das atletas terem que se submeter a uma dieta limitada a 800 calorias/dia. Isso dificultaria o processo de recuperação de lesões.

Só para lembrar, em setembro a ginasta Jade Barbosa esteve também envolvida em uma polêmica com a Confederação, graças as acusações de seu pai de que ela teria competido com uma grave contusão no pulso direito. Na mesma época, as ex-integrantes da seleção permanente, Maíra dos Santos e Roberta Monari, relembraram que tiveram problemas de lesões mal curadas (relembre a coluna
Diário Esportivo que tratou sobre o tema).

Já passou do tempo para a CBG manifestar-se sobre todos estes problemas. Atletas de alto rendimento estão sujeitos a problemas físicos, ainda mais em um esporte de tão forte impacto como a ginástica artística. Mas este irritante silêncio coloca a entidade sob suspeita de estar preocupada apenas com os resultados e não com a integridade física de suas atletas.

Foto: Alaor Filho/Divulgação COB

Copa 2010: três favoritos para uma vaga nas eliminatórias africanas; veja os grupos

A Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, não contará com pelo menos duas forças tradicionais do continente africano. Depois de ver Senegal, sensação da Copa de 2002, ser eliminado na segunda fase, agora a coisa complicou para três seleções, após o sorteio da fase final, realizado nesta quarta-feira. Caíram no Grupo A Camarões, Marrocos e Togo e apenas o campeão da chave se classificará para o Mundial. O Gabão completa o grupo.

Camarões e Marrocos têm a seu favor a tradição. Os camaroneses disputaram as Copas de 1982, 90, 94, 98 e 2002, ficando fora em 2006, apesar de contra com o craque Eto'o. Os marroquinos, que são dirigidos pelo técnico francês Roger Lemerre, participaram de quatro mundiais: 1970, 86, 94 e 98. Já Togo, que debutou em Copas na Alemanha, em 2006, tem como principal destaque indivual o atacante Adebayor, do Arsenal.

Nos demais grupos, o caminho aparentemente está mais tranqüilo para Nigéria (Grupo B), Egito (Grupo C), Gana (Grupo D) e Costa do Marfim (Grupo E).

Confira abaixo todos os grupos da fase final das eliminatórias africanas. Os vencedores de cada um se classificarão para a Copa de 2010:

Grupo A: Camarões, Marrocos, Gabão e Togo

Grupo B:
Nigéria, Tunísia, Quênia e Moçambique

Grupo C:
Egito, Argélia, Zâmbia e Ruanda

Grupo D: Gana, Mali, Benin e Sudão

Grupo E: Costa do Marfim, Guiné, Burkina Faso e Malavi

As dançarinas da NBA (1) - Erica (Philadelphia 76ers)


Erica, nascida em Sewell (Nova Jersey), integra as Sixers Dancers há três temporadas

Esta seção, que reúne as mais belas cheerleaders da NBA, é publicada sempre às quartas-feiras

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Santos aposenta camisa azul e vai adotar o preto no terceiro uniforme

O torcedor do Santos que ficou invocado e inconformado com a adoção da cor azul no terceiro uniforme (as más línguas lembram que esta é a cor da Universidade Santa Cecília, de propriedade da família do presidente Marcelo Teixeira) pode ficar tranqüilo.

O Peixe vai apresentar à imprensa um novo terceiro uniforme, desenvolvido pela Umbro, que é a fornecedora oficial do clube, nas cores preto com detalhes em prata (foto), combinação inédita na história do clube. Desta vez, contudo, a Conselho Deliberativo aprovou sem problemas.

Foto: UOL

Related Posts with Thumbnails